Em Geral

Um blog sobre todas as coisas Em Geral

A metamorfose – Kafka

Sempre tive curiosidade em ler Kafka, especificamente sua Metamorfose, mas sempre achei que seria uma leitura difícil, penosa. Mais a mais, dei preferência a autores mais familiares, uns mais clássicos, outros mais populares. E Kafka ia ficando pelo caminho..

Num belo dia, por um acaso, Ele traz pra casa Oscar Wilde, Platão, Kant e… Kafka, pondo um fim ao antigo desejo.

Li A Metamorfose, Carta a meu pai e o conto O artista da fome. Inicialmente  não compreendi nada do universo de Kafka. A Metamorfose é um livro pra baixo, depressivo. A linguagem utilizada é simples (pelo menos a tradução que li), porém seu conteúdo é tão denso que chega a causar mal-estar.

O que ocorre é que quem lê Kafka sem conhecer um pouco de sua biografia não entende bem as razões pelas quais há este peso em sua escrita. Depois que li um pouco a respeito de sua vida e também li Carta a meu pai,  pude compreender um pouquinho o espírito do escritor. Ele é um  atormentado pelas relações familiares e  descrente do homem. Como não poderia deixar de ser, tais características são refletidas em seus textos e seus leitores, bem, não ficam impunes.

Fato é que me assustei com Kafka, pelo menos  a princípio. Me pareceu muito frustado e surreal.  Mas agora, depois  que ingressei em seu universo nonsense, resta-me compreendê-lo e ler mais alguns de seus escritos. O Veredicto e O processo estão na minha lista.

1 comentário

1 comentário até agora

  1. rose abril 3rd, 2010 17:09

    Querida,andei sumidinha, pois tem defeito na maquina la em casa.
    sinto falta desse mundo virtual, mas estarei de volta o mais rapido possivel, viu.
    Bjs e muitas saudades.

Leave a reply