Em Geral

Um blog sobre todas as coisas Em Geral

Filhos gêmeos – quem precisa de babá? Ou mãe de gêmeos x babá, um relacionamento necessário

Quando nossos bebês saíram da UTI Ele ainda tinha uma semana de férias. Como eu já estava sem trabalhar, pudemos ficar os dois, a sós, por sete dias, cuidando dos meninos. Apanhamos um pouco nos primeiros momentos. Parecia que não daríamos conta, especialmente em razão da prematuriedade. Ambos estavam com quase 2 meses de nascidos e pesando apenas 2 quilos.

Durante esta semana comecei a procurar alguém que pudesse me ajudar e uma conhecida me indicou uma sra, que começou a ser a babá dos gêmeos exatamente na segunda-feira em que Ele retornou ao trabalho.

Nossa babá tem sido um grande apoio na lida com os bebês desde então. Meu estranhamento com a situação é que eu não tive e não tenho ainda, pelo menos nos dias úteis, aquela privacidade, aquela liberdade, que toda mãe deseja ter com seu bebê.  Já no início me sentia muito incomodada quando ia amamentar as crianças e havia alguém sempre ali. Claro que eu me recolhia, saía de perto da babá e buscava meu conforto. Mas a pessoa continua ali, dentro de sua casa, sabendo de seus horários, de suas manias, de suas implicâncias.

E, por mais que ela seja  gente boa, não é da família. Talvez outras mães tenham ou tiveram melhores experiências e conseguiram um laço de intimidade com sua babá. Eu não. Ela continua sendo uma estranha, com a qual não gosto de compartilhar muitas coisas.

Óbvio que ela sempre foi e é boa com meus bebês. Eu estou 100% do tempo em casa e vejo isto. Se não fosse não estaria mais comigo. Os meninos gostam quando ela chega; ficam felizes. É uma relação bacana.

Aí eu acho que o problema mora exatamente no fato de eu estar constantemente presente. Vejo mães que  trabalham fora e não se incomodam tanto com suas babás. Mas eu não. Eu acompanho tudo o que ela faz e aí.. claro… sempre acho que eu faria melhor.

Alguém, então, poderia se questionar: “porquê, se tanto te incomoda, você não cuida sozinha de seus filhotes?”

Olha, mães de gêmeos, em geral, dependem de ajuda, principalmente nos primeiros meses. São dois bebês com fraldas sujas, dois bebês com fome, dois bebês com sono, precisando de banho.. Quase sempre ao mesmo tempo. E aí, se você tem um pouco de condição, vai querer uma ajudante. Eu até já li  alguns depoimentos de mulheres que fazem questão de ficarem a sós com os bebês. Para estas eu tiro o chapéu, pois uma criança só já nos consome bastante. Imagine duas da mesma idade.

Um agravante no nosso caso é que moramos em prédio sem elevador. Então não é nada viável sair para um passeio sozinha com dois bebês. O carrinho de gêmeos também não entra confortavelmente em qualquer elevador ou passa em qualquer corredor de prédio. Enfim, sempre é necessário alguém para ajudar com as crianças.

Pode parecer bobagem para quem não passou pela situação, mas é muito, muito chato, estar com seus filhos no colo e não ser independente, não ser livre para o que der e vier.

O bom é que o período de maior dependência é relativamente curto, ou seja, até que os gêmeos  possam caminhar com firmeza.  O trabalho (logicamente)  não será menor, mas pelo menos poderemos os três sairmos de casa sem precisar de ajuda, o que já vai ser muito bom.

Enfim… quando falamos em filhos, desde a gravidez surgem questões práticas (às vezes muito chatas)  com as quais temos que lidar e, nestes casos, normalmente cabe a máxima do “vai passar..”.

E passa mesmo.

5 comentários

5 comentários até agora

  1. anya maio 26th, 2012 13:46

    Eu estou gravida de gemeos e pretendo pedir ajuda dos meus pais. Sou meio chata e gosto de privacidade, nao suporto a ideia de uma pessoa estranha em minha casa sozinha com meus filhos. Preciso pagar um pouco pra minha irmazinha adolescente, no meu caso tenho a sorte de contar com a minha familia.

  2. Ela maio 28th, 2012 15:59

    Anya, se você pode contar com sua irmã, faça isto. Será melhor para todo mundo, inclusive para os bebês, que estarão em família. Acho legal você dar uma graninha pra ela mesmo, pois isto a incentivará e aumentará a responsabilidade. Eu ficaria feliz de poder fazer o mesmo…

  3. bercario de 0 a 3 anos com atendiemnto das 06:30 as 20:00 julho 18th, 2012 10:36

    Berçário Escola Meu Aconchego
    atendimento de crianças de 0 a 3 anos
    das 06:30 as 20:00hs
    (11) 3791-0063
    Bairro Patriarca – Zona Leste (SP)

  4. […] que o mal necessário voltou (nada contra a pessoa, pessoal) e nós  retornamos também ao trabalho estarei de volta ao […]

  5. Em Geral » Trocando de babá setembro 3rd, 2012 17:22

    […] claro que eu tinha certeza que a antiga funcionária era de confiança –  como eu já disse aqui –  mas seguro deve morrer é de velho e eu preferi acompanhar esta fase de […]

Leave a reply