Em Geral

Um blog sobre todas as coisas Em Geral

Cuscuz de abobrinha, nozes e passas

img_5051-2 img_4890 img_4375

Se tem um prato rápido de fazer, gostoso e super prático é o cuscuz temperado. Os ingredientes podem ser armazenados com facilidade e na hora do aperto você tem à mão tudo o que precisa para uma receita que surpreende a todos.

No caso, eu conservo o cuscuz seco no congelador. Desta forma você mantém o produto por mais tempo. O resto dos ingredientes também são de armazenamento prolongado, ou seja: nozes e uvas passas. Azeite, cebola e  alho nós costumamos sempre ter em casa. Aqui, no caso, eu também usei dois outros produtos, o bacon e a abobrinha. Mas se eles forem retirados não há nenhum problema; fica gostoso do mesmo jeito. Você também pode adicionar diversas outras frutas secas, tipo damasco, ameixa.. ou trocar a abobrinha por beringela, refogando-a bem no alho antes de juntar o cuscuz hidratado.

Mas vamos lá. Para esta minha receita você vai precisar de:

  • 300 gramas cuscuz seco
  • 1 + 1/2 caldo de galinha
  • 700 ml de água fervente
  • azeite para refogar (usei bastante :0)
  • 4 dentes alho
  • cebola (usei uma e meia)
  • 50 gramas de bacon picado
  • 150 gramas de nozes picadas (castanha do pará fica ótima)
  • 1 abobrinha média picada
  • 200 gramas de uvas passas (qualquer uma ou misturada)

Então, faça assim:

Hidrate por uns 10 minutos o cuscuz seco na água fervente, onde você já terá derretido o caldo de galinha (se você usar um caldo natural ficará bem melhor, aposte). Numa panela a parte refogue no azeite o bacon, o alho, a cebola até tudo ficar bem douradinho. Junte as passas, o bacon, as nozes e a abobrinha. Refogue mais um pouco. Junte, por fim, o cuscuz hidratado, mexa bem e acerte o sal. Se desejar tempere com mais algum temperinho de sua preferência. Eu coloquei um pouco de pimenta do reino ralada na hora.

Deliciosa, esta receita é muito rápida. Sirva com carnes ou coma pura mesmo. Vale a pena.

Ah, serve umas 6 pessoas. Embora eu queira comer tudo sozinha. 🙂

 

 

Nenhum comentário

No comments yet. Be the first.

Leave a reply