Hotel Fazenda Canto da Siriema

      

Voltamos ontem do Hotel Fazenda Canto da Siriema. Foi um ótimo passeio. Os meninos ficaram radiantes com as diversões do hotel: amaram a pescaria, o pedalinho, andaram a cavalo, nadaram até não poder mais. Nós nos divertimos também. Foram 5 dias muito gostosos, de descanso dos afazeres domésticos e das obrigações com o trabalho. Seguimos os meninos por todo o canto do hotel. Fomos juntos em todas as atividades, mesmo as com monitoria. Fazendinha pela manhã, depois piscina, esqui-bunda.. pedalinho e pescaria à tarde, mais piscina.. não faltaram o futebol e a queimada, brincadeira amada pelos dois. Na sexta-feira pudemos ver o eclipse da lua e, de quebra, durante o eclipse, nosso rapazinho se sentou ao lado de um cupinzeiro, o que foi preocupante na hora (ganhou uma boa picada), mas motivo de graça depois.  Enfim, em relação à diversão das crianças não temos nada o que reclamar. Tudo ótimo.

Ficamos no melhor quarto e foi bastante confortável (e limpo). Como eu já havia lido que mesmo no luxo plus não há secador de cabelo, levei o meu. Em dias frios de inverno é legal secar o cabelo das crianças à noite, por exemplo.

O hotel, para o adulto, deixa a desejar em alguns pontos:

Primeiro, na região da piscina, lugar preferido das crianças, colocam música alta durante todo o dia. Ao vivo ou não, você não tem um minuto de sossego. E quem quer um pouco de paz se sente incomodado. Acho legal que contratem músicos e tal, acho bacana que promovam uma festa ao redor da piscina, muita gente gosta disso. Mas o dia todo, 100% do tempo, já é demais. Isto nos cansou bastante. E não bastava a música. Era bem alta.

Segundo: a comida não é boa. É muito tocada, não tem bons ingredientes. As carnes também não são bacanas, todas muito gordurosas. Penso que a comida não precisa ser sofisticada, mas precisa ser bem feita. E se você não chegar cedo para as refeições pega a comida bem revirada. A impressão é que alguns pratos não são renovados também. Quem comeu comeu. Quem chegou depois não come mais. Já estava enjoada da comida no último dia, de verdade. Sem contar que era comum faltar vasilhame durante as refeições.

Terceiro: há duas piscinas aquecidas e os meninos não reclamaram da temperatura. Mas elas não são tão grandes e, com a lotação do hotel, pareciam estar sujas. Não estou afirmando que estavam sujas, não havia sujeira aparente, mas a  água estava turva, causando uma impressão bem ruim. Nós, adultos, sinceramente, tivemos um pouco de nojo de nadar, o que não aconteceu nos outros hotéis fazenda que já frequentamos. Também em relação à área da piscina, nem sempre havia toalhas disponíveis (a maioria bem velha e uma que nos entregaram estava bem suja) e se você quer consumir precisa ir até o bar, pois não há nenhum garçom circulando o espaço.

Os funcionários, sem exceção, foram muito cordiais no trato conosco. Nada a reclamar quanto a isso.

Enfim, nós nos incomodamos com alguns pontos no hotel sim, talvez não voltemos mais lá (já que tem tantos outros que desejamos conhecer), mas os meninos amaram o passeio. Eles nem ficaram sabendo dos nossos incômodos e apenas aproveitaram imensamente as férias. 🙂

 

 

Deixe uma resposta