#ELENÃO #ELENÃO

Há mais ou menos 17 anos, eu ainda solteira, Luciana Gimenez estreava como apresentadora de televisão no comando do programa  Superpop, na RedeTV. Segundo a Wikipédia, este programa apresentava entrevistas com famosos e tratava de “fatos polêmicos” envolvendo os mesmos. A RedeTV, que apresentava (e ainda apresenta) programas de baixíssima qualidade, não conseguia famosos de fato… Os convidados eram subcelebridades ou políticos locais (do Rio de Janeiro) que traziam audiência justamente por virem a público falar toda sorte de atrocidades.

A dinâmica do programa era simples: de um lado um convidado expunha um ponto qualquer da vida e o outro convidado dava seus pitacos a respeito. O nível dos debates era sempre muito abaixo da crítica, parecia tudo combinado, apenas para causar – em diversos casos – ojeriza.

Vou confessar e dizer que eu assistia sim ao programa, com todo o lixo produzido. Não havia Netflix, vamos nos lembrar rsrsrsrs

Então.. uma das crias da Luciana Gimenez – um dos mais nojentos convidados que ela já teve – foi Jair Bolsonaro. O homem sempre foi um ESCROTO. Um ESCROTO. Um ESCROTO que só sabia discursar contra gays, lésbicas e fazer apologia à pena de morte. Ele era bastante convidado e da boca dele jamais saiu algo  que prestasse.

Me lembro de eu e mamãe assistindo ao programa: o cara era um poço sem fim de ignorância. Ignorância, preconceito, falta de humanidade… tudo isto garantido pelos privilégios de ser deputado. O programa era bem ruinzinho, mas quando o sujeito aparecia os recordes de imbecilidade eram sempre batidos.

E assim ele veio vindo de mansinho, ocupou um lugar na TV aqui, outro ali… Muitos anos depois começou a aparecer no programa CQC, da TV Bandeirantes e, como o programa tinha bem mais audiência, foi ficando mais conhecido. O programa CQC o criticava, mas também dava palco para o doido dançar e ele foi tendo mais admiradores.

Então, meu amigo, com o passar do tempo os “homens de bem, amantes da família, de deus e da pátria”, começaram a festa. Pessoas que não conseguem fugir do que é tradicional, do que foi fixado pelo tempo, pela religião… Tem medo do que é diferente delas. Diferente da suposta  “normalidade”. E o cara não era deputado à toa, certo? O era porque já havia um eleitorado cujas ideias batiam com as dele.

Num país tão sem estudo,  sem leitura e educação, as chances  de embotamento mental são maiores mesmo. E dá-lhe aumento dos seguidores do Coiso. Enfim, de vereador pelo Rio de Janeiro a candidato a presidente com chances de ir a segundo turno: um caminho tão improvável como aterrador.

Falo de embotamento mental, sem medo de errar, porque não há suporte moral para gostar de alguém que, sem pudor, vomita (link do Pragmatismo Político):

1“O erro da ditadura foi torturar e não matar.” (Jair Bolsonaro, em discussão com manifestantes)

2“Pinochet devia ter matado mais gente.” (Bolsonaro sobre a ditadura chilena de Augusto Pinochet. Disponível na revista Veja, edição 1575, de 2 de Dezembro de 1998 – Página 39)

3“Seria incapaz de amar um filho homossexual. Prefiro que um filho meu morra num acidente do que apareça com um bigodudo por aí.” (Jair Bolsonaro em entrevista sobre homossexualidade na revista Playboy)

4“Não te estupro porque você não merece.” (Jair Messias Bolsonaro, para a deputada federal Maria do Rosário)

5“Eu não corro esse risco, meus filhos foram muito bem educados” (Bolsonaro para Preta Gil, sobre o que faria se seus filhos se relacionassem com uma mulher negra ou com homossexuais)

6“A PM devia ter matado 1.000 e não 111 presos.” (Bolsonaro, sobre o Massacre do Carandiru)

7“Não vou combater nem discriminar, mas, se eu vir dois homens se beijando na rua, vou bater.” (Afirmação de Jair Bolsonaro após caçoar de FHC sobre este segurar uma bandeira com as cores do arco-íris)

8“Você é uma idiota. Você é uma analfabeta. Está censurada!”. (Declaração irritada de Jair Bolsonaro ao ser entrevistado pela repórter Manuela Borges, da Rede TV. A jornalista decidiu processar o deputado após os ataques)

9“Parlamentar não deve andar de ônibus”. (Declaração publicada pelo jornal O Dia em 2013)

10“Mulher deve ganhar salário menor porque engravida” (Bolsonaro justificou a frase: “quando ela voltar [da licença-maternidade], vai ter mais um mês de férias, ou seja, trabalhou cinco meses em um ano”)

Ele ainda diz que as minorias precisam se curvar às maiorias, como se a democracia fosse a ditadura da maioria.

Além do Coiso ser, sim, um poço fundo de ignorância, jamais trouxe contribuições interessantes para o país. Ficou mais de 20 anos em cargo legislativo sem um projeto aprovado sequer (aprovou 2 projetos depois de 26 anos de “trabalho”: viraram lei uma proposta que estendia o benefício de isenção do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para bens de informática e outro que autorizava o uso da chamada “pílula do câncer” – a fosfoetanolamina sintética.

Parece que ele até tem grande atividade parlamentar, mas o que vem propondo ao longo dos anos não é acolhido na instituição. Ele se preocupa mais, vamos ser sinceros,  em barrar propostas progressistas, como barrar material didático contra a homofobia, isso quando não está votando para aumentar o próprio salário ou contra os direitos dos trabalhadores.

Praticou nepotismo, teve funcionária fantasma.. é um poço de hipocrisia e ignorância. Adora criar fake news e ajudou a colocar 3 filhos em cargos eletivos. Não deve colocar a filha, pois já disse que ela nasceu de uma fraquejada. Não deve atribuir capacidade à filha.

O antipetismo o favorece demais nestas eleições. Talvez, não sei, se o PT tivesse feito uma análise anterior de seus erros a história fosse um pouco diferente. E digo uma análise pública mesmo, um mea culpa, já que muitas oportunidades foram perdidas neste processo todo. Sobre a escolha de Dilma (até agora livre de qualquer acusação de corrupção), Lula já falou no livro Luiz Inácio Lula da Silva, A Verdade Vencerá, mas é preciso que o partido expresse ao povo que falhou; e em quais medidas falhou. Estamos em um processo de trevas tão grande que talvez esta análise seja difícil por ora, mas ela precisa ser feita.

Ter que afirmar o óbvio é muito chato, mas votar neste boçal é estar cego, surdo e mudo para a humanidade.

Amanhã teremos manifestações por todo o país pelo #ELENÃO e nós do Emgeral teremos o prazer de participar.

Deixe uma resposta