Décimo dia de Quarentena

Entramos no décimo dia de quarentena aqui em casa. Muitas famílias já estão fechados pelo mesmo período. Algumas começaram um ou dois dias mais cedo. Outras pararam um pouco depois.

Nós esperamos as aulas serem suspensas, o que aconteceu na terça-feira do dia 17 de março de 2020. Fizemos algumas compras naquele dia, buscamos as crianças e nos enfiamos em casa. Ele precisou, infelizmente, sair por dois dias mais. Saiu na quarta e na quinta pela manhã, por questões de trabalho. Aproveitou, comprou algumas coisas para minha mãe e pra gente. E agora trabalha normalmente de casa. Normalmente não, né? Porque está trabalhando muito mais.

Então.. eu tinha passado a semana anterior ao início do isolamento prevendo os acontecimentos, pois estava acompanhando atentamente os fatos na China e na Europa, mais especificamente Itália e Espanha. Logo, fiz umas compras a mais. Não fiz estoque de coisas não, apenas comprei um pouco mais. Eu frequento mercados com muita assiduidade, então nunca guardo mantimentos. Neste momento comprei algumas poucas coisas além, mas que já foram muito úteis.

Até agora nossos dias foram bem corridos e sem monotonia. Muito pelo trabalho home office, que não acaba nunca. Tanto eu quanto Ele estamos trabalhando no nosso escritório em casa. Ele está abarrotado de serviço. Eu tenho o volume de sempre, mas tenho menos sossego para fazê-lo. Então tenho que me desdobrar.

Afinal, temos crianças em casa. Além das nossas obrigações por causa do trabalho $$, a comida deve estar ok pelo menos 3 vezes ao dia, a casa deve estar organizada e limpa, temos que estar presentes nas atividades escolares, que não param de chegar.. e temos que encontrar formas de entretê-los … não é fácil.

Até o momento encomendamos na vizinhança alguns produtos: uma vizinha nos trouxe pães-de-queijo para assar, outra nos trouxe espigas de milho para cozinhar e teve o sacolão, que abasteceu nossa despensa de frutas e legumes. Não saímos de casa nem para compras até agora.

Tudo certo no quesito abastecimento, vamos na luta com as crianças. Estas sim já já estarão subindo pelas paredes de tanta vontade de sair de casa.

Ao longo deste período, até que esta loucura acabe, vou tentar fazer algumas atualizações no blog, na categoria Quarentena, inclusive sobre como estamos lidando com as crianças. E vamos que vamos.

Nas fotos, um jogo bacana que tínhamos guardado e demos para nossa filha. O filho ganhou o livro na mesma ocasião. Os pães de queijo foram os que vieram já no isolamento e fizeram, junto com o chocolate quente, um lanchinho feliz.

Deixe uma resposta