Em Geral

Um blog sobre todas as coisas Em Geral

Archive for the '2 umbiguinhos – nossos gêmeos' Category

Cenas do cotidiano

Cenas…

Aprendizado, brincadeiras, pés no chão… 🙂

No comments

Lanches da semana – 10

Continuo tentando mandar lanches legais para os meninos. Não mando – de jeito nenhum – bolos prontos, biscoitos recheados, salgados fritos. No dia a dia envio quase sempre uma fruta da estação, um suco integral sem açúcar ou leite integral e um carboidrato ou proteína interessante. Só deixo de mandar fruta quando mando um bolo de fruta, por exemplo. Aí mando a caixinha de leite integral (de 500ml, que é dividida para os dois) e um pedaço de bolo.

Quando não tenho uma fruta fresca legal mando frutas secas. Em relação a carboidratos, eles gostam do biscoito de polvilho e de pãezinhos diversos. Às vezes algo diferente de padaria ou um bolinho que fiz no almoço. Enfim, tento fazer com que fiquem felizes com o lanchinho, mas sendo tudo simples e caseiro na maioria das vezes.

Segunda-feira – leite integral (mando a caixinha de 500 ml, que é dividida pelos dois) e bolinhos de batata doce polvilhados com cacau (e também canela para ele). Detalhe que usei açúcar mascavo nos bolinhos deles e não adoçante.

Terça-feira – queijo mussarela picadinho, uvas sem sementes e suco de abacaxi integral (sem nenhum açúcar extra adicionado). Daí não mandei também nenhum biscoito porque eles  não conseguiriam comer tudo. E minha intenção era que comessem o queijo.

Quarta-feira – iogurte líquido de morango, bolinho de arroz da casa da vovó (eles comeram no almoço e pediram pra que eu mandasse pra escola :)) e uvas passas. Eu até tinha frutas frescas, mas eles também me pediram as uvas secas.

Quinta-feira – iogurte de morango, mexerica e uma empadinha de padaria.

Sexta-feira – leite integral (mando a caixinha de 500 ml, que é dividida pelos dois) e rosquinhas de creme de leite da padaria (meu menino morre por elas).

 

 

 

 

 

 

No comments

Festa da família 2017

Todo ano a escolinha dos meninos promove a Festa da Família. Sempre em uma manhã de sábado, as crianças podem se esbaldar de brincar com os coleguinhas, podem nos mostrar o talento na capoeira e  também as musiquinhas que aprenderam no semestre.

Cada família leva um quitute e as brincadeiras são alimentadas por um farto piquenique.

Fiz para este ano um bolo de chocolate bem gostoso, com puro cacau, e reguei com uma calda doce. Ficou bem gostoso. Acompanhado pelo cafezinho que levamos (sem açúcar adicionado) ficou irresistível.

As crianças aproveitaram bastante e eu também. Passei a manhã fazendo uma das coisas que mais gosto: batendo papo. 🙂

Missão cumprida por hoje.

No comments

Mais uma leitura infantil: Bairro Feliz

Acabamos Roverandom com sucesso! Os meninos compreenderam bem a história e ficaram tristinhos quando ela chegou ao fim.

Partimos agora para o livrinho infantil Bairro Feliz, da escritora Maria Lisia Corrêa de Araújo, já falecida e que foi grande amiga de minha mãe. Ela costumava nos presentear com um exemplar de cada obra sua, com muita gentileza. Este mesmo está autografado pra mim e foi guardado com carinho.

Maria Lysia Corrêa de Araújo nasceu em 1921 e faleceu em 2012 (com 91 anos). Sua obra foi diversificada: fazia crítica teatral, crônicas, romances e contos. Tenho pra mim que era uma mulher à frente de seu tempo. Trabalhou como atriz em várias cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Belo Horizonte,  participando de grupos teatrais importantes como o Arena, o Oficina, a Cia Maria-Della Costa, a Cia. Tônia-Autran, entre outras. Trabalhou com diretores experientes e encenou peças de conteúdos ideológicos profundos em uma época de silenciamento e repressão.

Intelectual, interessante, metódica (nadava praticamente todos os dias pela manhã, fazia chuva ou sol, mesmo quando já estava bem idosa), era uma querida.

A última vez que a vi comprava pão em uma das padarias do bairro e conservava os mesmos lindíssimos olhos azuis.

 

No comments

Roverandom, de Tolkien

Roverandom está sendo o primeiro livro mais elaborado que eu leio para os meninos. Nós lemos praticamente todos os dias. Falta-lhes a história apenas em momentos de muito cansaço ou se estão indo para a cama mais tarde do que o ideal. Então, dia após dia, lemos as histórias que são pré determinadas para a idade deles.

Mas tenho notado que eles já conseguem acompanhar histórias maiores, textos mais sofisticados, e, por isso, resolvi começar com um autor apreciado aqui em casa.

Quando retorno a leitura no dia seguinte, faço primeiro um apanhado do já ocorrido. Peço ajuda aos dois e vou apoiando. O menino, falador que só ele, passa na frente e sai desandando com a história. Ela é mais reservada e ouve. 🙂

Ambos estão bem satisfeitos com o passo adiante que demos com este livro. Não largamos os anteriores, claro que não. O dois estão em franco processo de alfabetização e os livrinhos já familiares são fenomenais.

E daí em diante teremos muito mais. Monteiro Lobato nos aguarde!

 

1 comment

Mães e seus filhos preferidos!

FILHO PREFERIDO

Certa vez, perguntaram a uma mãe qual era seu filho preferido, aquele que ela mais amava.

E ela, deixando entrever um sorriso, responde:  

“- Nada mais volúvel que um coração de mãe. E, como mãe, lhe respondo: o filho predileto, aquele a quem me dedico de corpo e alma:

É aquele que está doente, até que sare. O que partiu, até que volte. O que está cansado, até que descanse. O que está com fome, até que se alimente. O que está com sede, até que beba. O que está estudando, até que aprenda. O que está nu, até que se vista. O que não trabalha, até que se empregue. O que namora, até que se case. O que se casa, até que conviva. O que é pai, até que os crie. O que prometeu, até que cumpra. O que deve, até que pague. O que chora, até que se cale.

E, já com o semblante bem distante daquele sorriso, completou: – “O que me deixou, até que eu vá também.”clique aqui

Não há filho preferido; não há como. O amor da mãe se multiplica a todo tempo.

Feliz Dia das Mães.

No comments

Segundona atípica

Normalmente as segundas-feiras são dias de arrumação doméstica. Faço comida, ponho roupa pra lavar, coloco os meninos para fazerem o para casa da sexta-feira.. não saímos muito de casa às segundas-feiras pela manhã. Mas hoje resolvi mudar um pouco e fomos passear logo que as tarefas escolares ficaram prontas.

Eu tinha algumas comidinhas prontas na geladeira e então resolvi passar a manhã com os meninos no clube. Eles não quiseram nadar, então fizeram trabalhos manuais, correram no brinquedão… enquanto isso eu coloquei a leitura de “Os demônios” em dia.

A manhã foi super tranquila e agradável. Nada como dar espaço e atividade às crianças. 🙂

No comments

Dente definitivo aos 5 anos e 10 meses

E não é que ontem pela manhã, enquanto fazíamos o ParaCasa, minha pequena me reclamou de que algo a incomodava na língua? Fui olhar e levei o maior susto. Minha pitica, este fiapito de pessoa, nem 6 anos ainda, já com um dentinho definitivo saindo. Fiz festinha com ela, mas fiquei preocupada. Logo liguei para nossa dentista e agendei consulta para a parte da tarde. De ontem mesmo. Digo que fiquei preocupada não pela idade dela, mas pelo dentinho surgindo por detrás dos de leite. Eu realmente não tinha vivenciado isso. 😉

Lá fomos nós, então, a família toda, ver o que a médica falava.

Ufa, ainda bem, não é nenhum bicho de 7 cabeças. A hora é adequada e o único porém é que só um dente da frente está um pouco mole (um pouquinho só, na verdade). Então ela nos recomendou que façamos uma massagem nos dois dentes da frente (inferiores) para que eles caiam naturalmente. E só. Se (e somente se) os dois dentinhos inferiores não caírem até o final deste mês deveremos levá-la ao consultório para que sejam extraídos. Claro que esta possibilidade é bem chata, tadinha. Então vamos fazer o possível para amolecer estes dois a tempo.

O nosso garoto ainda não tem nenhum dente amolecendo (apenas dentes abalados devido aos tombos e tombos..rs). Vamos ver quando acontecerá. No mais, aproveitamos a viagem e ambos fizeram uma boa limpeza.

O início do nascimento dos dentes definitivos marca, sem dúvidas, mais uma etapa. Eles estão crescendo, estão crescendo… Esta frase não me sai da cabeça.

No comments

5 anos e 4 meses de ótima alimentação

beterrabacozida   prato

Sai mês, entra mês, a alimentação daqui de casa não se modifica. Nunca deixamos de ter o basicão: arroz, feijão, uma proteína, dois ou três legumes e algumas folhas. Eu ainda tenho um certo problema com legumes crus. Até as folhas gosto de refogar, na verdade. Ou talvez eu tenha aquele ranço de achar que legumes cozidos sejam mais palatáveis às crianças, não sei. Fato que aqui em casa não faltam diversidade e apetite. É normal que, eventualmente, um ou outro tome café da manhã mais tarde e faça um almoço mais modesto ou que passem a manhã mais parados e fiquem meio sem fome. Mas a regra são todos dois aceitarem tudo o que eu faço e pedirem repeteco inclusive dos legumes. Meu menino tem rejeitado brócolis (ela ama), mas a bem da verdade até eu ando meio enjoada.

Em dois dias da semana eu os tenho levado ao clube para atividade física direcionada, que dura 1:30hs. Depois ainda nadam e brincam. Nestes dias, meu amigo, os pratos são mais que caprichados. E o café da manhã também. Eles são dois bezerrinhos; tomam leite, comem pão e queijo. E eu sempre tento incluir uma frutinha. Volta e meia me pedem mingau e também o famoso cereal de milho. Neste último caso, faço esforço para encontrar o sem açúcar. Infelizmente a escola tem do cereal açucarado e agora eles sempre reclamam que o daqui de casa não é tão bom.

Os lanches que tenho mandado para a escola tem sido similares aos que já postei aqui no blog. Sempre um suco natural (hoje foi de melancia) ou de caixinha integral sem açúcar acrescentada, uma fruta (hoje foi banana prata) e um carboidrato (hoje mandei biscoitos de polvilho e um queijinho processado).  Vou revezando os sucos com leite puro integral, Iakult ou iogurtes variados (líquidos ou pastosos). Normalmente, quando mando leite puro envio também bolo de frutas ou biscoitos doces, estilo cookies integrais. Nunca biscoitos recheados. Estes são outros que só comeram porque alguns colegas levam de casa.

Enfim, duas crianças ótimas de garfo ainda, não posso reclamar de nada!

As fotos são de nossos pratos do almoço. Na primeira: repolho, talos e folhas de beterraba. Na segunda: peito de frango, feijão preto, taioba refogada, abóbora, cenoura e xuxu.

No comments

Mãos curiosas

massa-de-torta

Outro dia fiz um empadão de frango aqui em casa; ficou bom. Mas o mais gostoso foi ter a companhia, pelo menos na hora de abrir a massa, de minha doce filhota. As mãozinhas adoram a farinha, a sujeira, o diferente. A brincadeira passa por comer um pouquinho de massa crua também, claro. O garotinho estava pertinho, porém hipnotizado por um desenho animado.

Neste dia deixei que eles assistissem um pouco de TV depois da aula, o que acontece muito raramente. Normalmente depois da escola a programação é banho, lanche (ou na ordem inversa), histórias e cama. Mas esta era uma sexta-feira chuvosa e fria, que pedia um empadão morninho e bem recheado. Então deixei que os dois aguardassem o término do prato vendo desenhos, o que fizeram não sem perguntar a todo instante se já estava assado e pronto pra comer.

Na hora de abrir a massa ela veio, me ajudou, brincou um pouco nágua me ajudou lavando algumas louças na pia e voltou pra companhia do irmão.

Gosto muito quando estão todos em casa e eu posso fazer algo diferente na cozinha. Dela me canso sim, às vezes só quero comer fora de casa, mas há um imenso prazer em cozinhar algo que comam com aquela boca boa de casa de mãe.

No comments

Escova para desembaraçar o cabelo das pequenas

escova-para-crianc%cc%a7as

img_20161109_171408

Este NÃO é um post patrocinado, ok? Não ganho nada desta empresa Ricca, mal sei sobre ela. Só sei que outro dia estive nas Lojas Rede, daqui de Belo Horizonte (também não ganho nada da Rede..rs) e questionei a atendente sobre uma boa escova para desembaraçar  cabelo de criança, que a gente sabe que é fininho e que dá um baita trabalho se estiver grande, caso aqui de casa. Minha filha tem lindos cabelos cor de mel, cacheados, lindos lindos. Porém começa a gritar desde o momento em que apareço na porta com a escova ou pente. E a gente sabe que dói mesmo, já fomos criança e passamos por isso.

Então, estava disposta a comprar qualquer que fosse a escova indicada, nem que ela custasse os olhos da cara. Qual não foi minha surpresa quando a vendedora me mostra esta, uma escova feita para os cabelos infantis. As cerdas são como de outras escovas; o diferencial é que estas tem diferentes alturas, facilitando o desembarace, sem puxar ou quebrar os fios. O cabo também é anatômico e ela vem com uns adesivos pra criança personalizar a experiência

Eu paguei aproximadamente R$ 26,00 nas Lojas Rede agora em agosto. Mas penso que se acha mais barata na internet ou em lojas do ramo.

Gostamos e aprovamos.

No comments

Aniversário de 5 anos!

Neste ano de 2016 nossos meninos completam 5 aninhos. Estamos e somos muito gratos à vida por termos dois filhos maravilhosos, saudáveis, inteligentes, amorosos..

Nos últimos anos fizemos comemorações bem gostosas com eles, mas sempre apenas com a família (vovós, tios, primos..). Neste ano, comemorando os 5 anos, fizemos uma festinha maior um pouco e convidamos todos os coleguinhas da escola, suas famílias e alguns amigos nossos.

Fizemos um almoço num salão de festas super gostoso, um salão que tem parte fechada, com brinquedos eletrônicos, mas que também tem uma área aberta, com animais de fazenda, pônei, cabritinhos, galinhas…

Toda a arrumação da festa, desta vez, ficou por conta do buffet do salão, salvo as lembrancinhas, que eu fiz. O salão fornecia uma lembrancinha padrão, mas, como eram balas somente, resolvemos dispensá-la. No lugar das balas colocamos miniaturas de dinossauros, adesivos de dinossauros e uma palha italiana caseira, feita com cacau 100%, leite condensado, manteiga e biscoito maisena.

Como se pode ver o tema da festinha foram os dinossauros, escolhido em comum acordo entre os dois. 🙂

A festa foi simplesmente deliciosa. Todos nós adoramos!

No comments

Fim de semana prazeroso

ilustrissimo

cachoeira rio acima

No sábado fomos nós 4 a um casamento. Confesso que teria sido melhor se fôssemos apenas nós dois, mas não tivemos escolha. Então éramos nós 4 ou nada feito. Na igreja as crianças não se comportam mesmo, né? Querem correr, andar de um lado para outro. O jeito foi ficar meio de fora do recinto e tentar distrair os dois. Não os culpo: padre falando é chato demais. Já a festa estava muito boa. Tudo muito lindo, chique e gostoso. De cordeiro aos melhores queijos. Vinhos deliciosos e belos doces. Aproveitamos muito e eles idem.

No domingo estivemos no condomínio Canto das águas, localizado em Rio Acima, a convite de amigos da escolinha dos nossos filhos. Foi um convite muito bacana, os anfitriões foram muito simpáticos conosco, muito receptivos e gentis. Foi uma experiência joia. Sem contar que o Canto das Águas é lindíssimo. Nós  havíamos entrado neste condomínio apenas de passagem quando estivemos na Pousada do Canto e ficamos encantados. As casas são todas lindas, o lugar é muito bem cuidado e aparentemente seguro. Ontem eles fizeram um ótimo churrasco e a casa deles é muito gostosa. Foi um dia extremamente agradável.

Não preciso dizer que meus meninos e amigos não arredaram o pé da piscina. Penso que nadaram uns 2/3 do tempo que passamos lá. A bem da verdade não saíram nem para comer. Comeram carninha, pão de alho e queijo dentro da piscina mesmo. Uma breve pausa foi feita sob protestos com o fim de renovar o filtro solar e já já estavam os 3 dentro da piscina novamente. Ao final da tarde estavam tão cansados que demoraram uns poucos minutos dentro do carro para adormecerem profundamente.

Uma breve nota preciso fazer em relação a um acontecimento. Nossa menina jamais nadou sem boia em piscinas que não “dão pé”. Ela é mais medrosa e mesmo com a boia de braço ela não se arrisca (com 4 anos e quase 9 meses) a pular na piscina. Sempre entrou com cuidado e nunca se aventurou perigosamente. O garoto, por sua vez, foi super ousado (sempre ousado!) ontem e, sem boia, pulou na piscina funda e saiu nadando tranquilamente. Posso dizer que ele já nada. Mas ela não! Ela não nada sem boia. E mesmo assim, durante uma brincadeira em volta da piscina, ela pulou! Pulou do nada, sem boia, sem conseguir pé na piscina! Claro que se assustou, eu precisei socorre-la. Como ela estava mais ou menos perto da borda, eu consegui puxa-la pelo braço e retira-la da piscina. Bebeu água , ficou assustada (assim como eu), saiu chorando e nervosa!

Ainda bem (puxa, ainda bem!) que eu e Ele jamais despregamos os olhos dos dois. Eu vi, portanto, o pulo imprevisto e pude imediatamente ajuda-la. De outra forma, se eu estivesse longe, poderia ter ocorrido um acidente pior. Não podemos confiar de jeito nenhum na criança, porque ela mesma não sabe o porquê daquilo que fez. Nossa filha é super cuidadosa, até medrosa mesmo da água, jamais pulou de uma vez na piscina, mesmo usando as boias de braço. Ou seja, aquele pulo na água nos surpreendeu bastante.  Não sabemos o que se passou naquela cabecinha.

Mas enfim, foi um breve susto em um domingo cheio de coisas legais. O convite foi muito simpático, as conversas foram boas, o lugar lindo, o tempo colaborou e tivemos um dia quente e ensolarado. As crianças saíram exaustas e nós muito satisfeitos.

 

No comments

Aniversário de 4 aninhos

Então.. os nossos pequenos fizeram 4 anos e fizemos uma festinha na casa da minha mãe. Foi uma comemoração simples, porém feita com todo carinho. Encomendei duas quiches grandes, assei pães de queijo e sopramos um bolo delicioso, com pouco açúcar, com uma cobertura de ganache sensacional. Eles adoraram.

E adoraram também a singela festinha na escola, decorada com enfeites de Frozen e dos Vingadores. 🙂 Levei salgadinhos comuns, como empadinhas, coxinhas, pães de queijo e um bolo bem suave também, feita por uma vizinha caprichosa. Para beber, suco integral natural e água de coco.

Foi um lanchinho na hora do recreio mesmo. Nós juntamos algumas mesas da salinha deles, cobrimos cada lado do “mesão” com a decoração escolhida por cada um e colocamos copos, pratos, talheres, guardanapos com os mesmos motivos.

Na lembrancinha me recusei a dar balas e chicletes às outras crianças. Se não as dou aos meus filhos, porquê coloca-las em lembrancinhas? Não faz o menor sentido. Então.. o que fiz? No saquinho dos Vingadores eu coloquei um caderninho do Homem de Ferro, uma reguinha e uma caixinha de lápis de cor. No saquinho da Frozen coloquei um saquinho de pipoca doce, melzinho, uma paçoquinha (que é cheia de açúcar e poucas crianças comem), uma bananada sem açúcar e uva passas. Cada criança ganhou tanto a lembrancinha da Frozen como a dos Vingadores.

Foi tudo muito simples e gostoso. Gostoso de fazer e de ver. Eles se sentiram especiais e ficaram radiantes com a atenção dada pelos colegas, professora e funcionários da escola. Depois, assim do nada, veio uma reclamação da pequena: “mamãe, não gostei da minha festa; não teve brigadeiro!”.

😀

 

 

No comments

Almoço saudável e bem aceito!

IMG_4517.JPG

Continuo dizendo que a alimentação infantil é menos confusa do que parece. Se você, em sua casa, apresenta diariamente alimentos saudáveis para seu filho (e dá o exemplo comendo com gosto), ele vai comê-los também.
O x da questão é que a tarefa é mais árdua e chata do que imaginamos e muita gente acaba fraquejando. Comprar, lavar, higienizar, picar, refogar, todos os dias dá um trabalhinho e nem sempre estamos muito animadas para tanto. Mas o esforço vale. Este pratinho foi embora e ainda repetiram. Enfim.. Ver meus meninos comendo bem assim compensa toda a rotina na cozinha.

Hoje teve: arroz, carne moída com cenoura, brócolis refogados no alho e azeite, ervilha torta e tomatinhos.

No comments

Próxima página »