4º dia no Atacama – Pôr-do-sol no Salar

Pouco depois de vermos o arco-í­ris no salar, presenciamos um lindo pôr-do-sol. A sensação é muito maluca; há pouquí­ssimos minutos estávamos com calor, mas os ventos e as núvens que ameaçavam despejar água faziam a temperatura oscilar bastante. Com o sol baixando, o frio veio pra ficar. E como o ar estava bastante seco, as cores que ví­amos pareciam ser mais fortes e vivas.

A quantidade de tons de amarelo e sombras que ví­amos no céu foi algo muito surpreendente. Uma pena estar nublado, mas, ainda assim, foi um espetáculo e tanto. A segunda foto deste post mostra as nossas sombras, abraçados no deserto. Esta mesma foto vai decorar – ampliada – a sala de nossa casa.

Deixe um comentário