Em Geral

Plantas, delicadezas da vida

A casa de minha mãe sempre foi cheia de vasos de plantas, mas eu jamais fora responsável por eles e, por isso, tinha dúvidas se conseguiria manter e cuidar dos meus próprios. Assim, logo depois que meu casei, providenciei umas suculentas, que são plantas de fácil lida. Posteriormente, fomos adquirindo outras  e eu posso garantir que gosto e me preocupo muito com cada uma delas.

Enfim, pra minha surpresa, não só as suculentas vingaram. Hoje temos uma pequena jabuticabeira, uma dama-da-noite, algumas arecas, uma jibóia, uma orquí­dea, dois pés de alamanda, um imbé, uma pitangueira, dois ficus, um pé de mexerica, um bonsai de romã, algumas azaléias miniatura, dois vasos de beijinho, um pezinho de boldo e um de hortelã.

Isto, claro, sem contar as suculentas: temos as da foto, três dependuradas na parede e uma que teve que se mudar para a cozinha. A área de serviço também teve que abrigar uma planta que não suportou o sol constante da varanda.

Compramos algumas mudas, ganhamos outras.. o que sei é que, apesar de dar um pouquinho de trabalho, ter e cuidar de plantas é uma das coisas gostosas da vida. E quando elas nos surpreendem com frutos e/ou flores é bem bacana; é mesmo supimpa pra quem preza observar as delicadezas da vida.  

 

Sair da versão mobile