Musse de chocolate com aquafaba

Você conhece aquafaba, sabe o que é? Aquafaba é o resultado da água do cozimento de leguminosas, sendo o mais usado o grão de bico. Você vai deixar 1 xí­cara de grão de bico de molho em 3 xí­caras de água por, pelo menos 6 horas. Neste perí­odo escorra e troque a água por 2 vezes.

No fim do perí­odo, escorra e descarte a água do molho. Coloque o grão-de-bico escorrido em panela de pressão e adicione mais 3 xí­caras de água. Feche a panela e leve ao fogo alto. Não adicione sal nem temperos.

Quando a panela de pressão começar a fazer barulho, baixe o fogo e deixe cozinhar por 20 minutos. Desligue o fogo, espere esfriar. Ao abrir a panela despeje tudo – o grão-de-bico mais a água – em um pote com tampa e leve í  geladeira até o dia seguinte. Passe, então, o grão-de-bico por uma peneira e recolha o lí­quido, que é, justamente, a aquafaba.

Agora, para fazer a base da musse, leve este lí­quido í  batedeira e bata bastante, até que se transforme no ‘chantilly’ mostrado nas fotos. Adicione, depois de já iniciado o processo, algumas gotas de baunilha pra reduzir o cheio do grão de bico. No caso, não junte nenhum açúcar, pois quando a base já estiver bem durinha, vamos juntar chocolate ao leite derretido, que já é bastante doce.

Quando o ‘chantilly’ estiver em ponto de claras em neve, junte o chocolate derretido, mexa delicadamente e leve ao congelador por algumas horas antes de servir. Se desejar, reduza ainda mais o açúcar da receita, usando chocolate amargo ou mesclando este com o chocolate ao leite. A receita ficou deliciosa, mas dá um pouquinho de trabalho. De qualquer forma, foi super válida de fazer e conhecer; achamos (eu e Ele fizemos juntos) muito interessante o processo, sem contar que nos rendeu uma sobremesa deliciosa.

Deixe um comentário