Receita de lagarto frio no molho de pimentões e azeitonas

Essa receita me traz lembranças interessantes.

A primeira é dos tempos em que eu fazia estágio em um órgão público e uma amiga minha – na época – sempre a fazia para as festinhas de fim de ano. Eu gostava muito. Ela levava esse lagarto e a conserva de beringelas delícia que faço todo ano no Natal. Acho, inclusive, que foi neste período (idos anos 90) que comi pela primeira vez a beringela feita dessa maneira! Nossas festas eram muito boas. Era ali mesmo, na sala de trabalho, e sempre reunia toda a galera, feliz da vida porque entraríamos de férias. Aquelas férias verdadeiras, sem compromisso nenhum: sem aulas, sem trabalho, quase sem dinheiro nenhum também (até porque o estágio não era pago e eu fiquei lá por quase 2 anos), mas sem obrigações e com tempo de sobra.

A segunda lembrança é da última vez que fiz o lagarto. Foi em dezembro de 2010, eu estava grávida e muuuuuuuito enjoada. Então, esse lagarto foi um terror pra mim. O cheiro dos pimentões e azeitonas, do azeite e orégano cozidos ficou impregnado no meu nariz. Terminei a receita assim mesmo, levei pra casa da minha mãe e não comi nadica de nada. Na verdade, não comi foi nada mesmo e fiquei enrolando as pessoas, pois não sabiam ainda que eu estava grávida. Só fui contar no dia 15 de janeiro, depois de ter mais certeza de que tudo estava bem com aqueles dois amontoadinhos de células fofos.

Então, passados 10 anos, resolvi fazê-la de novo. E está aí a receita:

Você vai precisar de:

·      01 quilo de lagarto

·      1 garrafa de cerveja 600 ml

E, para o molho:

·      2 cebolas grandes em rodelas

·      3 dentes de alho em lâminas

·      1 pimentão verde em rodelas

·      1 pimentão vermelho em rodelas

·      1 pimentão amarelo em rodelas

·      ½ xícara de azeitonas verdes picadas

·      ½ xícara de azeitonas pretas picadas

·      1 xícara de água

·      1 xícara de óleo

·      1 xícara de azeite

·      2 tabeles de caldo de carne

·      Pimenta do reino, orégano e sal

Faça assim:

Cozinhe a carne inteira na cerveja por 30 minutos na pressão. Reserve. À parte, cozinhe todos os ingredientes do molho por 20 mim. Não cozinhe mais do que isso, senão os pimentões somem. Deixe o molho esfriar. Se a carne passar muito de 30 minutos também é problema, pois ela pode desfiar.

Corte a carne depois de fria em fatias finas. Se não tiver faca elétrica (eu pedi a de mamãe emprestada), congele a carne antes de cortar. Disponha as fatias de carne e molho alternadamente e leve à geladeira.

Essa carne fica ótima depois de uns dias na geladeira, pra pegar bem os temperos. Sirva com um pãozinho de sua preferência. Além de gostosa é muito bonita.

Deixe uma resposta