Cenas de fevereiro de 2021

Legumes assados e carne na cerveja num domingo mais fresco.
Chegaram nossos livros de Maurice Leblan! 🙂
Livrinhos infantis muito legais. Surpresa com Lavoisier; não o conhecia como deveria!
Um dia especial em fevereiro.
Devia ter trocado essa toalha. Mas o jantar que a sogra mandou tava nota 10!
E mamis recebeu essa linda dia 18/02. Que bom!! Fiquei muito emocionada.
Comemos essa Feiju muito boa dia 21, domingão.
Refogado de legumes e cogumelos para o macarrão? Tivemos.

Mês tranquilo em casa, embora as notícias de aumento de casos de Covid assustem muito. Estou sem saber o que fazer com os meninos, que fazem aulas de esportes. Eles gostam e precisam ir; estão saindo praticamente apenas para isso. A aula dele é em espaço aberto, mas a dela não. Estamos melhorando as nossas máscaras, mas ainda vou decidir se eles continuam ou não…

Mas é isso. Não fizemos grandes programas, não deu. Reiniciamos as aulas, comemoramos um aniversário, comemos algumas coisas gostosas… eu li muito.. e isso tem me ajudado mais do que qualquer coisa. Enquanto leio, esqueço da vida real e ali não há doença, não há máscaras, não há problemas. Sou apenas a espectadora de outras vidas e mundo. Agora comecei a ler a Antologia do humor russo e estou gostando muito.

Uma única coisa foi motivo de grande alegria pra mim nesse mês de fevereiro. Minha mãe foi vacinada com a Coronavac, do Instituto Butantã. E receberá a segunda dose no dia 11 de março. Eu fico muito mais feliz e tranquila sabendo que ela – idosa – corre menos risco de vida e de hospitalização. Gostaria muito que essa vacinação fosse geral..

Hoje, último dia do mês, passamos o dia no clube, que estava vazio pelo tempo feio, nubladão. Mas os meninos adoraram. Encontraram a vizinha, correram, jogaram futebol, nadaram, comeram pastel e tomaram açaí. Depois passamos na casa da minha irmã para levar uma coisa pra ela, passamos para dar um alô para a sogra, e viemos descansar. Já chegamos depois das 19 em casa. Exaustos.

Enfim, mais um mês. E já já comemoraremos um ano de quarentena (dia 18 de março para nós). Acho que cabe uma festa para brincar com as crianças. Aff!

Deixe uma resposta