Páscoa na quarentena!

Completamos hoje 26 dias em casa, de quarentena.

Tem sido chato às vezes, cansativo às vezes, muito porque continuamos com nossas atividades de trabalho normalmente e ainda precisamos estar presentes para as crianças.

Querem brincar, querem atenção, precisam de ajuda no para casa.. brigam, chamam por nós, se animam novamente e a coisa vai. Dependendo do dia corre tudo bem. Dependendo do dia, dá vontade de sumir.

E esta semana foi a semana de Páscoa, semana de feriado, então tivemos uns dias ótimos. Fica bem claro que quando sou eu apenas cuidando da casa, da comida, do meu trabalho (que não é nada exaustivo, mas me toma um certo tempo de estudo) e das crianças a coisa fica bem mais difícil. Eles requerem uma atenção que às vezes não posso dar e a tensão aumenta bem.

E Ele, no caso, tem tido muito trabalho neste período, muito mesmo. Quando pode ficar mais tempo com eles, de bobeira, fica tudo mais tranquilo. Não que ele não fique com eles, ele fica sim, muito. Mas as crianças sempre querem mais e mais .. e quanto mais pai, melhor. Não tiro a razão. 🙂

E aí hoje, domingo de Páscoa, nem fiz almoço. Pedimos yakissoba e macarrão com shitake de uma cantina aqui perto. Tomamos um suco de uva maravilhoso e nossa sobremesa foi doce de leite caseiro. E ficamos juntos, a toa, de bobeira..

Os meninos ganharam ovo da prima que eles adoram e nós abrimos um joguinho novo (estrategicamente guardado) pra família se divertir. Os meninos começaram o dia reclamando que não poderiam passar o dia com a avó e tios de quem tanto gostam e no final estava alegres e satisfeitos.

Quando fui dar boa noite a ela, achei o bilhetinho da foto. E nisso vamos aprendendo a conviver com o período de restrição.

Deixe uma resposta