Hotel Paris, Santiago – alerta aos brasileiros

Em Santiago, ficamos em três hotéis: Londres, Paris e Posada del Salvador. O último é bem superior aos dois primeiros. Nada a reclamar dele. Sobre preços, 60 dólares para o casal neste último e a partir de 14 mil pesos para um casal com banheiro no Paris e 16 mil nas mesmas condições no Londres – em janeiro de 2008. O Londres e o Paris ficam pareados em termos de conforto. O Paris é um pouco “menos velho” e aceita cartão de crédito…

Em compensação, mexeram em nossas coisas no hotel Paris (no Londres isso não aconteceu). Não nos levaram nada, mas de outra brasileira, que conhecemos em São Pedro e reencontramos em Santiago, levaram uma câmera digital profissional… No consulado, a nossa colega foi avisada que isso acontece com frequência naquele hotel. Também soubemos na feirinha do Serro Santa Lucia, por vendedores locais, de furtos no Hotel Paris. A dona, uma senhora que se parece com aquela Sue Johanson da TV, foi bastante rude e nos tratou super mal… Com nossa colega (que foi roubada enquanto nós já havíamos mudado para a Posada Del Salvador) ela foi ainda mais rude.

Desrecomendamos totalmente o Paris. Quando esta brasileira chamou os carabineiros para reclamar do furto da câmera no Paris, a dona do Hotel disse que eles tinham mais o que fazer, evidenciando total cumplicidade desta senhora nos furtos ocorridos no seu hotel. Uma vergonha…

12 comentários sobre “Hotel Paris, Santiago – alerta aos brasileiros”

  1. Pingback: Em Geral » Retornando a Santiago

  2. Pingback: Em Geral » Chile - conhecendo Santiago

  3. Que situação mais chata ser roubado no hotel!

    Quando estivemos em Santiago, ficamos no Bellavista Hostel (http://www.bellavistahostel.com/) e aprovamos. Passamos apenas uma noite, mas não tivemos problemas. Era um albergue muito jovem e colorido, bastante aconchegante. As pessoas muito sociáveis. Tinha um café da manhã não muito bom, mas satisfatório. Computadores com internet, sala de TV, sinuca e outras coisas. O banheiro era compartilhado, mas muito limpo. Não tenho informações sobre preço, mas não era muito caro.
    Acho que o melhor de tudo era a localização. O bairro Bellavista é muito muito legal. É onde fica a casa de Pablo Neruda. Tranquilo para dormir, mas perto o bastante dos bares para sair à noite. Lembra muito a Vila Madalena, daqui de São Paulo. Adoramos! 🙂

  4. Pingback: Onde ficar em Santiago/Chile - Notas sobre nada

  5. Achei pessimo o plaza londres, um hotel totalmente gelado!, nao havia agua quente suficiente e calefação precária.. resolvi me mudar para o hotel paris (proximo), o ambiente era melhor, os quartos aquecidos e a agua era quente..

  6. Pois é, não tivemos problemas com calefação.. estivemos em Santiago numa época muito quente, em janeiro. Obrigada pela visita e comentário.

  7. eee que pasa caras? o brasileiros gostan de pagar pouco dinero, son muito tacaños, no esperen bona atencao si pagan poco dinero, gasten mais y queden en lugares buenos, asi no tendran problemas, muito simple. ratas!

  8. Nós apenas não gostamos de ser roubados, Vinícius!

    E nossa amiga foi roubada no Hotel Paris, que é realmente barato, mas porque é uma hospedagem bastante simples.

  9. Quer dizer que segundo a mentalidade deste Vinicius, se ficarmos em lugares mais baratos é para sermos roubados?
    Isso deveria ser avisado antes em todos os hoteis mais baratos.
    Hóspedes: fiquem aqui, gatem menos e sejam roubados.
    Triste ter uma pessoa que pensa assim, com certeza não representa a maioria do que pensa o simpatico povo chileno.

  10. As mensagens sao antigas… Mas a verdade nao se esconde no tempo!
    Vou no final deste mes para la. Estava pensando em ficar no Hotel Paris, porem, seu comentario falou mais alto!
    Valeu,

Deixe uma resposta