Kalanchoe tubiflora sem vergonha

Algumas coisas nos causam grande surpresa. No meu caso, por exemplo, fui gratamente surpreendida por esta planta. É que ela é uma das suculentas mais sem-vergonha que conheço. Praticamente não precisa ser plantada, pois um simples pingo de terra lhe serve e ela passa a se desenvolver.

Esta aí nem convidada foi. Veio junto com um bonsai de romã que ganhei de presente. Viajamos e o bonsai não aguentou, morreu seco. E a planta, esta kalanchoe tubiflora, foi só crescendo.

E em verdade ela não é bela. Quando pequena até dá pro gasto, mas quando cresce torna-se desajeitada, vai ficando comprida e perdendo folhas. Um caule seco, coitada.

Então, a estava quase descartando quando notei estes botões dando sopa. Foi quando a menina ganhou minha atenção e até um post no Em Geral.

O tempo passou, os botões se desenvolveram, curvaram-se para baixo e, pouco depois, vieram as flores, cuja beleza compensa todo o desajeito da bicha. Isso aí, todo mundo tem um lado belo, é só dar uma segunda chance.

😉

botão da flor de Kalanchoe tubiflora

Kalanchoe tubiflora

Kalanchoe tubiflora

Kalanchoe tubiflora

Kalanchoe tubiflora

Kalanchoe tubiflora

Kalanchoe tubiflora

2 comentários sobre “Kalanchoe tubiflora sem vergonha”

  1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, adorei seu senso de humor .Tadinha mesmo, já tive uma dessas e nunca lhe dei atenção.Será pela feiura?Mas observando bem , ela é até bonitinha depois de abertas as flores.
    Como vc disse, tem que haver uma segunda chance…rsrsrsrsrsrsrsrsr.
    Boa noite, querida.

Deixe uma resposta