Em Geral

Um blog sobre todas as coisas Em Geral

Tchau, querida democracia

Leonardo Isaac Yarochewsky é professor de Direito Penal há mais de 20 anos. Mestre e doutor em Ciências Penais pela UFMG, foi meu segundo professor de Direito Penal. O primeiro foi o já falecido Jair Leonardo, famoso criminalista mineiro.

Foi o professor Leonardo Isaac Yarochewsky, no entanto, que me despertou para o Direito Penal. Lembro-me com clareza dele falando sobre princípios penais constitucionais, sobre a história do Direito Penal. Dava pra perceber sua paixão pelo tema, o que me contagiou. E sou orgulhosa por ter sido elogiada pelo professor por minhas redações e trabalhos. Eu me dedicava, gostava das aulas, de estudar a matéria e a ele sou grata por isso.

Então me senti amparada (o ano de 2016 não foi mole, galera!) quando tomei conhecimento que o professor Leonardo Isaac Yarochewsky dava guarida às minhas opiniões em relação ao falso impeachment promovido contra a presidenta Dilma.

O livro Tchau, Querida Democracia desnuda a cronologia do golpe de 2016 e grita pela resistência do povo, o que, infelizmente, não foi suficiente para impedir a maldade.

Sua leitura explica o papel da mídia no golpe, o machismo que corrompeu a dignidade da então presidenta, os rumos fascistas que o país vem tomando e vários outros tópicos que permearam o processo ilegítimo. A trajetória do golpe em capítulos.

Fiquei satisfeita em ler a carta aberta ao Presidente da OAB, pois o professor é um expoente do Direito e sua voz tem que ser ouvida e respeitada. Até quando teremos que ver uma Ordem de Advogados, que deveria defender intransigentemente a democracia e os direitos fundamentais, compactuar exatamente com o contrário? É vergonhoso.

E o professor Yarochewsky termina a carta (endereçada ao sr. Claudio Lamachia, Presidente à época da Ordem dos Advogados do Brasil) de maneira fenomenal, pelo que vou me dar o direito de transcrever seu desfecho:

“Tristemente, seu nome ou será esquecido ou será lembrado dentre aqueles que se aliaram as forças conservadoras e autoritárias, a mídia reacionária e golpista, aos interesses escusos dos que fazem coro ao impeachment da Presidenta eleita democraticamente em eleições livres e diretas com cerca de 55 milhões de votos. Senhor Presidente, esteja certo que a história não lhe absolverá.”

Comprem e leiam o livro Tchau, Querida Democracia, do professor Leonardo Isaac Yarochewsky. Entenda o golpe e não compactue com o caminho que o país está tomando nas mãos do ForaTemer golpista.

Nenhum comentário

No comments yet. Be the first.

Leave a reply