Cenas de agosto de 2021

Nossa primeira tentativa de comida japonesa.
Não ficaram bonitos os cortes, eu sei, mas ficaram gostosos. O peixe tava muito fresco.
O jornal no chão foi colocado de madrugada, pra evitar que qualquer resquí­cio de sujeira se espalhasse.
Casco de boi que Ele providenciou pra um certo mordedor….
Garrinchinha bebendo nectar dos beija-flores.

O segundo domingo de agosto – Dia dos Pais – foi bem no iní­cio do mês (dia 08) e nós resolvemos fazer uma comida japonesa caseira … no final das contas deu muito certo e nós quatro adoramos. É claro que os cortes do salmão não ficaram muito bonitos, mas o gosto estava ótimo. Já os rolinhos que inventamos com salmão picadinho e cebolinha (arremedo de comida japonesa hahaha) ficaram ainda mais gostosos no meu entender. Pra completar compramos uma torta holandesa gostosinha e, no jantar, comemos fondue. Um Dia dos Pais multicultural! 🙂

A foto dos jornais no chão já foi mais ‘trágica’. Deixamos um óleo de salmão na janela (de um outro dia), dentro de uma latinha de cerveja cortada; e num é que no meio da noite um vento forte o jogou pra dentro da cozinha? Voou óleo pra todo canto… Eu e Ele ralamos pra tirar a porqueira e o cheiro. Foi o dia inteiro tacando produtos nas paredes, no chão, na pia.. credo. No fim das contas deu tudo certo. Heheheh…

A última foto é da garrinchinha bebendo do nectar dos beija-flores. Nossa varanda tem sido muito visitada por pássaros. Eles vêm pegar jabuticaba, nectar, beber água e tomar banho nos potinhos que Ele pendurou na grade.

Sem muitas fotos neste mês. Um mês difí­cil. Nossas cabeças estão a mil. Estamos muito cansados. Que tudo passe.

Deixe um comentário