Bebês para queimar

Causa muito espanto o artigo escrito por Carlos Heitor Cony sobre o livro ‘Babies for burning”, de dois jornalistas ingleses que pesquisaram a indústria do aborto em Londres. Quando me falaram a respeito, confesso que achei fosse mais uma pulha virtual, mas, infelizmente, a coisa procede. Muito triste.

Leia o artigo na íntegra.

3 comentários sobre “Bebês para queimar”

  1. Conversando com Ele a respeito, tive a informação de que este livro (Babies for burning) é antigo, de 1974. Não sabemos porque o assunto foi reavivado (o artigo do Cony é deste mês). Por certo para suscitar questões religiosas. De qualquer forma, valeu conhecer o artigo e os fatos que ocorriam na época, ficando o questionamento sobre a atualidade.

Deixe uma resposta