O Parque da Chapada dos Veadeiros

Antes de postar as fotos que tiramos, acho interessante relatar algumas impressões que tivemos do Parque da Chapada.

É que muita coisa nos surpreendeu. Estamos acostumados a visitar parques ecológicos de Minas Gerais e nunca vimos uma estrutura tão bacana como a que foi montada nesta chapada. Os visitantes só podem caminhar pelo parque se estiverem acompanhados de guias treinados e só há duas trilhas liberadas. Os demais pontos do parque são inacessíveis ao público, o que permite um controle mais rigoroso da região.

Em razão da obrigatoriedade de o turista contratar o guia não há lixo espalhado, não há coleta de mudas e plantas e o visitante, claro, aprende um pouco sobre a fauna e a flora do cerrado. E o que é mais legal: ainda fica conhecendo um pouco mais da cultura da região pela troca de informações com o guia, que cobra R$ 60,00 por cada passeio.

Há o costume de se formar grupos para visitar o parque ou outras regiões da chapada e, então, as pessoas dividem o preço do serviço. Mas nós preferimos ir sozinhos com nosso guia, não tendo preocupações com horários e/ou aborrecimentos com terceiros desconhecidos. De fato, o melhor a fazer é pagar o guia para o casal, para a família ou grupo de pessoas amigas.

Enfim, foi para nós uma boa surpresa conhecer o Parque da Chapada dos Veadeiros. Embora ele tenha sido, no passado, dez vezes maior em hectares e hoje tenha sido reduzido a apenas 65.500 ha é um reduto fantástico de incontáveis espécies e nascentes de água e merece, com toda ênfase, a visita de todos.

2 comentários sobre “O Parque da Chapada dos Veadeiros”

  1. Pingback: Em Geral » Segundo banho no Parque da Chapada dos Veadeiros

  2. Pingback: Em Geral » Primeiro banho no Parque da Chapada dos Veadeiros

Deixe uma resposta