Reformando a varanda – parte 1

Pois é, como já havíamos falado há alguns posts, estamos em processo de reforma de nossa pequena área externa. Mas a gente realmente não sabe o que é mais difícil em todo o processo. Inicialmente é preciso decidir o que fazer, que rumo tomar. Depois, decidir se um profissional da área da arquitetura ou decoração deve ser chamado; afinal, sempre rola um medo de inventarmos da própria cuca uma moda meio louca. Enfim, as primeiras decisões devem ser tomadas.

O processo posterior não é menos complicado: escolher os profissionais via indicação e torcer, rezar, fazer macumba, para que eles não te proporcionem muito sofrimento. É nesta fase que estamos. Já escolhemos uma decoradora, ela já nos indicou uma bom mestre de obras e este, claro, já nos passou um orçamento fura-olho. Estamos no processo de negociação.

De qualquer forma, fica o desabafo, pois creio que nossos problemas  sejam os mesmos de 100% das pessoas que iniciam obra em casa.

  • Você conhece o dia do início (do inferno), mas não conhece o dia do fim.
  • Você sabe o valor mínimo dos custos, mas jamais o valor total.
  • Você até se simpatiza com seus prestadores de serviço nos primeiros dias, mas depois prefere vê-los longe. Vamos ver no que vai dar.

1 comentário sobre “Reformando a varanda – parte 1”

  1. Pingback: Em Geral » Reformando a varanda – parte 7

Deixe uma resposta