Em Geral

Um blog sobre todas as coisas Em Geral

Abóbora assada em creme de azeitonas secas

Abóbora assada com azeitonas secas

Abóbora assada eu sempre fiz. Tenho o hábito de assá-la com azeite, alecrim e um pouco de suco de laranja. Mas esta aí foi a primeira vez e me surpreendeu muito por um ingrediente inusitado, pelo menos pra mim: azeitona seca.

Vamos aos ingredientes:

  • 01 kg de abóbora cabotiá com casca
  • 60g (20 un.) de azeitona verde sem caroço
  • 02 dentes de alho espremidos ou amassados
  • 01 colher de sopa de creme vegetal
  • 02 colheres de sopa de azeite
  • cebolinha picada à gosto
  • sal à gosto
  • 01 ramo de alecrim fresco

A receita manda cortar as azeitonas ao meio, colocá-las sobre um papel toalha e um prato e  levá-las ao microondas na potência máxima por aproximadamente 08 minutos ou até que fiquem totalmente desidratadas (parecem um torresmo e esfarela). Espere esfriar e triture-as com os dedos ou com um garfo, reserve.

Lave muito bem a casca da abóbora, corte no sentido dos gomos, em seguida corte cada gomo de aproximamente 02 cm e reserve.

Em uma vasilha pequena, misture o creme vegetal, o azeite, o alho, a azeitona desidratada, a cebolinha e o sal até formar um creme. Passe essa mistura em todas as abóboras, inclusive na casca, e coloque-as em assadeira de vidro, adicione o alecrim desgalhado.

A princípio ponha as abóboras para assar com a casca para baixo. Após 20 minutos revire as abóboras para que a polpa fique em contato com a assadeira ( recomenda-se que seja de vidro para ficarem crocantes por fora e macias por dentro). Asse por mais 20 minutos e verifique se estão macias.

A receita foi retirada daqui, do Menu Vegano. Só sugiro que você, ao secar a azeitona, não a deixe por 8 minutos diretos no microondas. As minhas, por exemplo, quase viraram carvão antes dos 6 minutos. Vá colocando aos poucos e verificando se já estão sequinhas.

A propósito, tenho me beneficiado muito do Menu Vegano. Ideias fenomenais, diferentes, criativas.. Estão de parabéns os responsáveis pelo projeto.

Nenhum comentário

No comments yet. Be the first.

Leave a reply