Em Geral

Um blog sobre todas as coisas Em Geral

A queda – Diogo Mainardi

Diogo mainardi e filho

Não tenho a menor simpatia pelo Diogo Mainardi. Não gosto de seus textos, não gosto da revista para a qual ele trabalhava.

Mas ganhei da sogra o livro A queda e, livrando-me de meus preconceitos, resolvi lê-lo.

O estilo do texto me incomodou. Frases e ideias repetidas são usadas para garantir o impacto que o autor deseja. Em alguns momentos as  relações entre fatos históricos e fatos de sua  vida me pareceram desnecessárias.

Contudo, o livro nos abre as portas do que é ter um filho com deficiência ( Tito teve paralisia cerebral em razão de erro médico – parto mal realizado), de como seria esta dor  e de como o carinho e dedicação que a família sempre dispensou ao garotinho colaboraram em seu desenvolvimento.

É um livro interessante para quem é pai, mesmo que não tenha que se envolver a  uma deficiência específica do filho. Afinal, quem é perfeito?

É uma massagem na empatia e um ânimo a quem se desanima por pouco ou nada.

E para quem precisa lidar com algum problema de saúde, um bom reforço de que um filho com deficiência é apenas um filho. Amado simplesmente. Não existe um senão, não existe um porém.

Com meus olhos de mãe me solidarizo com Mainardi. Que seu filho tenha a melhor vida que possa ter.

Já o próprio Mainardi, que pare de ser o babaca que é.

1 comentário

1 comentário até agora

  1. Ela setembro 15th, 2016 15:04

    Eu acho que vou retirar este texto daqui, de tanta antipatia deste Diogo Mainardi. Rs

Leave a reply